quarta-feira, 9 de junho de 2010

À boca pequena



À boca pequena



se comenta de tudo.
A minha boca [pequena]
só fala: T U.



Eliana Mora, 9/6/2010

10 comentários:

  1. Eliana,
    Esta sua proposta de três linhas é mesmo muito interessante e exige um poder de síntese poética raro. Sempre bom passar por aqui.
    Continuo esperando sua visita e sua leitura lá pelo meu espaço-blog. Vou seguindo.
    Beijo.

    Ivan Bueno
    blog: Empirismo Vernacular
    www.eng-ivanbueno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. bocas pequenas cabem poucas palavras de poucas letras: no máximo as quatro do A M O R.

    ResponderExcluir
  3. E realmente não há melhor palavra para se dizer a pessoa amada.

    ResponderExcluir
  4. nossa, eita tres linhas danadas ;)

    beijo
    G

    ResponderExcluir
  5. A recusa do acessório, o olhar centrado no definido pela alma.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ivan, obrigada!
    Mas sabe, eu fui te ver, sim!
    Não sei se chegeui a comentar...mas estarei, sem falta!

    beijos.

    ResponderExcluir
  7. e precisa mais, RB??
    [linda palavra]....

    beijo

    ResponderExcluir
  8. despojamento? ou apenas o essencial?

    beijo!

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Sobrevoar