quarta-feira, 21 de setembro de 2016

domingo, 11 de setembro de 2016

Classificado


Classificado


Precisa-se mestre de obras.
Para construir pontes.
Muros não.



Eliana Mora, 11/9/2016

Arauto da Loucura



Arauto da Loucura



15 anos.. 
Um certo dia 11
[plantada a semente do fim]



Eliana Mora, 11/09/2016

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

sábado, 27 de agosto de 2016

Aquela conta no meu brinco


Aquela conta do meu brinco



é gota transparente
esverdeada :
sonho de beijo teu.



©Eliana Mora, 12/03/2008

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

E quando está tudo estranho...




E quando está tudo estranho...


aparece uma flor
nascida do improvável
[no asfalto da tua estrada]



Eliana Mora, 28/set/2012

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Meus olhos



Meus olhos 

 
 
se acastanharam;
como se a cor dos teus
os tivessem - de memória - tatuado.
 
 
 
Eliana Mora, 11/8/2012
[Baú]

terça-feira, 9 de agosto de 2016

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

V sem Vingança


V sem Vingança



V de Vida.
De amor, calor
[e esperança]




Eliana Mora, 24/7/2016

[dedicado ao filme "V de Vingança"]-- 

domingo, 31 de julho de 2016

Obra Aberta



Obra Aberta



A vida escreve.

Desenha, rabisca, apaga
[esconde a arte final]




Eliana Mora, julho/2014

[Baú]

terça-feira, 26 de julho de 2016

Nascentes



Nascentes




Águas puras, transparentes.

Teias de vida
[netos - e nós]



Eliana Mora, sem data


domingo, 24 de julho de 2016

sábado, 23 de julho de 2016

Minhas mãos



Minhas mãos 




carente de letras,
fecham-se -- lentas.
E te leio, no escuro.




Eliana Morasem data