domingo, 13 de junho de 2010

Alma que Soma


Alma que soma


e que divide, quantos és?
Pois hoje abraço a ti e todos juntos.
Por isso não estou nem só.



Eliana Mora, 13/6/2010

Para o aniversário de Fernando Pessoa, hoje

8 comentários:

  1. homenagem em três linhas, uma pra cada heterônimo e o título ao genial e genioso poeta

    ResponderExcluir
  2. "genial, genioso"
    _fundamental!

    obrigada e beijo.

    ResponderExcluir
  3. cabem nessas três linhas as grandes "pessoas" do grande Pessoa e quem mais quiser, pois é um poeminha tão profundo que cabe todo o mundo ;)

    beijo
    G

    ResponderExcluir
  4. É um abraço muito abrangente, sem dúvida!
    Para abraçar Pessoa e seus heterónimos, é preciso o tamanho do mundo. Mas para isso basta entender a sua essência.

    Gostei muito!

    Bj

    ResponderExcluir
  5. Eliana,
    Que legal esta homenagem. Também fiz uma homenagem ao grande poeta Fernando Pessoa, um poema-acróstico em comemoração aos 122 anos de seu nascimento. Está postado no meu blog Empirismo Vernacular e também foi publicado no site de literatura Vidráguas (www.vidraguas.com.br).
    Depois dê uma passada por lá e veja o que acha. Siga-me! (rs...)
    Beijo grande e perabéns.

    Ivan Bueno
    blog: Empirismo Vernacular
    www.eng-ivanbueno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Boa companhia.

    (adorei a imagem.)

    Beijo, El.

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Avesso