quarta-feira, 24 de março de 2010

Se a ti quero dizer alguma coisa



Se a ti quero dizer alguma coisa


não será agora,
nem tampouco amanhã.
[já disse...



Eliana Mora, 24/03/2010

12 comentários:

  1. Aquela coisa que disseste outro dia, já não seria a mesma se a dissesses hoje. Tudo muda.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. e se tudo for
    apenas
    um joguinho?


    idem a ti

    ResponderExcluir
  3. Bateu aqui uma invejinha branca do teu poema. Muito lindo! Das coisas que eu queria ter escrito. Mas não faz mal que não tenha saído da minha cabeça, porque tive o prazer de ler aqui.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Que delícia te ouvir!
    Uma honra...obrigada!

    beijo.

    ResponderExcluir
  5. Que impassibilidade! Ou deveria dizer, que autoestima! Abraços!

    ResponderExcluir
  6. No jogo da poesia,
    a palavra amarelinha
    brilha como o sol.

    ResponderExcluir
  7. ...que te olha e desafia,
    ao (d)escrever com poesia
    o canto do rouxinol.


    beijo.

    ResponderExcluir
  8. Fica sempre tanto por dizer, por mais palavras que se gastem.

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. nem tenhas dúvida...
    principalmente o que não se 'consegue'...

    beijo.

    ResponderExcluir
  10. (me veio - a velha questiúncula do nery com o mendes - xapralá)

    belo poema

    teu blogue é muito bom

    parabéns!

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Sobrevoar