segunda-feira, 22 de março de 2010

Filigranas do Amor



Filigranas do Amor



Rainha-me.
E com minhas mãos,
corôo-te rei.



©Eliana Mora, 4/12/2004

6 comentários:

  1. Quem sabe do amor?
    Em poesia, um diz: outro[s] 'lêem' a obra pra lá de aberta.

    beijo, Mai.

    El

    ResponderExcluir
  2. Menina, onde voce tava que eu nunca tinha te lido? Adorei!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. tava 'por aí' há muitos, incontáveis anos luz.... .-)
    beijo

    ResponderExcluir
  4. e o reino se completa
    [causa_efeito]
    sem medida.

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Avesso