sábado, 23 de novembro de 2013

A vida Imita





A vida Imita


a dor:
adorno invisível
[amorfa, sem voz, infalível]
 

 


Eliana Mora, 23/11/13

2 comentários:

  1. A dor no invisível. O amor sem voz. A vida, imitadora, limita.

    Como não se inspirar na beleza plástica de tuas construções, Eliana?

    Magnífico!

    Meu carinhoso abraço,
    André

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se te inspira fico feliz. Poesia nasceu para isso [dentre outra N magias que possui].

      beijos, André

      Eliana

      Excluir

a poesia agradece

A vez dela