sábado, 26 de janeiro de 2013

Acima do nível do Mar



Acima do nível do Mar


gaivotas batem asas; 
e o brilho do poema corre mundo
[nelas a refletir-se] 


Eliana Mora, 26/1/2013

4 comentários:

  1. [essa palavra,

    a moldura onde repousam as possibilidades do mundo,
    os seus horizontes.]

    um imenso abraço, Eliana

    Lb

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. sim, poeta Leonardo

      na vasta amplidão onde repousa toda nossa [e de todos] história...

      beijos,
      Eliana

      Excluir
  2. E a beleza da vida se desdobra! Bjos

    ResponderExcluir
  3. E assim 'joga' suas maravilhas sobre nós!


    Um beijo,

    El

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Proposta Amorosa