terça-feira, 13 de março de 2012

Em cada SInal


 Em cada sinal



muitos e poucos caminhos;

enormes escuros e brilhos :
sonhos - no olho ou no chão.



Eliana Mora, 13/3/2012

2 comentários:

a poesia agradece

Sobrevoar