quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Ali, o Mar


Ali, o mar 



bem - mas bem distante,
na tela de Rousseau
[que presumia tudo]. 



Eliana Mora, 13/12/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Avesso