sábado, 20 de novembro de 2010

Na Aurora



Na aurora



calculo
a quantas horas-luz
estás_de mim...



Eliana Mora, sem data

6 comentários:

  1. Um primor!
    Um desses lampejos raros como uma aurora de vários matizes.

    abraços e bom final de semana

    ResponderExcluir
  2. De ti, palavras como essas são para ouvir - e calar.

    idem, em dobro, Mai

    ResponderExcluir
  3. Gostei da forma simples e certeira com que faz seus poemas....

    []s

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Sobrevoar