sábado, 2 de setembro de 2017

Até que durou


Até que durou


Adorava a Dora.
Mas nunca dourava a pílula.
Então......só a casa durou!



Eliana Mora, sem data

Um comentário:

a poesia agradece

Sobrevoar