segunda-feira, 29 de agosto de 2016

L u v a


Luva



sem mãos.

Quase o desenho
[da solidão]



Eliana Mora, 28/8/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Sobrevoar