domingo, 24 de julho de 2016

Estátuas antigas


Estátuas antigas



Um adorar solitário.

Vê-las.
E voar no tempo.



Eliana Mora, 23/7/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

A vez dela