terça-feira, 29 de dezembro de 2015

As linhas do Horizonte



As linhas do horizonte


se duplicam;
réstias de nuvens -- meus olhos --
salpicam encruzilhadas.




Eliana Mora, 25/12/2011
[Baú]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Sobrevoar