terça-feira, 3 de novembro de 2015

E quando está tudo estranho...


E quando está tudo estranho...


aparece uma flor
nascida do improvável
[no asfalto da tua estrada]



Eliana Mora, 28/set/2012

2 comentários:

  1. NO IMPROVÁVEL
    SEMPRE ALGO NOVO,
    MUITO BOM.
    PARABÉNS

    ResponderExcluir
  2. E sempre algo Belo...

    Abraços com saudades de você

    Já também deixo uma provocação:

    m pequeno desafio:
    E no final de tudo, quem vai lavar a louça?
    Para saber a resposta, precisa passar no blog Pedra do Sertão...
    http://www.pedradosertao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

a poesia agradece

A vez dela