sexta-feira, 19 de junho de 2015

Alma Livre


Alma livre



como se fosse  pele

a separar-se do todo
[e desprender-se]



Eliana Mora, 18/06/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Segredo