sexta-feira, 8 de maio de 2015

Xeque Mate


Xeque Mate



Vento de vida

corre, desliza, arrasta a razão.
Voa poeira -- sobra emoção.



Eliana Mora, 08/05/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

A Nostalgia parece areia