terça-feira, 14 de abril de 2015

Outro Querer


Outro querer



Tantas perdas -- penso.

E o coração: quando irei perder-me 
[sim, a mim?!]



Eliana Mora, 13/04/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Avesso