sábado, 28 de fevereiro de 2015

A Fonte




A fonte 


parecia cantar.
Cortina de sonho a me tocar.
[onde tu, ó pássaro distante?] 




Eliana Mora, 15/10/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Sobrevoar