sábado, 18 de outubro de 2014

O que vem de Mim

O que vem de mim


é de um fundo de pote abençoado
coração amaciado pelos trancos,
barrancos -- e amores gentis.


Eliana Mora, sem data

[Baú]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Proposta Amorosa