domingo, 3 de março de 2013

Mãos delicadas

 

 Mãos delicadas

 

pousam na própria angústia.
Fosse ela animal de estimação
acalmava-se - e dormia.




Eliana Mora, 14/go/2003

2 comentários:

  1. [no corpo,

    da moldura o silêncio,
    o retrato.]

    um imenso abraço, Eliana

    Lb

    ResponderExcluir

  2. A ti o mesmo
    com aquele traço especial
    [amizade]


    El

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Sobrevoar