domingo, 15 de abril de 2012

Às vezes sou bem menina



Às vezes sou bem menina

apego-me ao mais simples
         galho de flor
que caiu.

©Eliana Mora, jan/2003
do Baú

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

A Nostalgia parece areia