quarta-feira, 21 de março de 2012

Q u a l q u e r






Q u a l q u e r



obediência tem seu preço;
assim, ao abrir a flor de nós,
os céus clareiam - e pisamos coragem.



Eliana Mora, 21/3/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Sobrevoar