terça-feira, 16 de agosto de 2011

Num canto do Silêncio


Num canto do Silêncio



escondo minhas letras,
canções de um tempo.
[nele, esperanças dormitam] .



Eliana Mora, 13/8/2011

2 comentários:

  1. ...e acordam,
    em silêncio
    acordam...


    Sempre
    Tocante, o aqui;
    e profunda, o lá...

    beijos deste
    de algum
    lugar...

    ResponderExcluir
  2. enquanto houver aqui e lá
    sempre [em algum lugar]
    é possível...

    beijos

    ResponderExcluir

a poesia agradece

Sobrevoar