sábado, 6 de novembro de 2010

Um Vigia



Um vigia




tu, conta gigante
olho do céu, a pairar
em toda eternidade.



Eliana Mora, 06/11/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Avesso