sábado, 31 de julho de 2010

A terra que se esconde



A terra que se esconde


no meu mapa
é líquida, gasosa, afogueada;
tradução: sou volúvel.



Eliana Mora, 30/7/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

a poesia agradece

Avesso